2017-08-10

Criatividade na hora de fazer o currículo atrapalha? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 10/08/2017, com uma ouvinte que gostaria de modificar seu currículo de forma não padrão do mercado de trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Criatividade na hora de fazer o currículo atrapalha?

currículo criativo

Uma ouvinte escreve: "Não quero que meu currículo se pareça com nenhum outro. Por exemplo, pensei em colocar ao final dele a reprodução de uma tirinha de história em quadrinhos. Tenho várias dessas ideias que vão meio na contramão daquilo que é considerado padrão no mercado de trabalho. Mas pergunto se quem for avaliar o meu currículo irá entender a minha intenção?"

Coloque-se, por um momento, no lugar de um profissional que precisa avaliar dezenas de currículos. Se um deles for multi-colorido, com citações filosóficas ou histórias em quadrinhos, como você reagiria? Você pensaria que essa pessoa iria trazer um benefício para a empresa por ser criativa ou pensaria que ela não tem um currículo suficientemente atrativo e por isso precisa alterar a forma para disfarçar o conteúdo?

Minha experiência diz que a maioria dos avaliadores optaria pela segunda hipótese e descartaria o seu currículo. Mas isso não quer dizer que você não deva tentar. Eventualmente um recrutador pode ser fã da mesma historinha e chamá-la para uma entrevista.

A minha sugestão é que você tenha um currículo padrão e outro mais chamativo. E envie os dois tipos, para ver, na prática, qual deles lhe traz mais resultados. Posso quase lhe garantir que seria o padrão.

Mas com o mercado do jeito que está, a sua tentativa seria válida, nem que seja para você deduzir que recrutadores preferem que o primeiro contato do candidato com a empresa obedeça aos padrões burocráticos do mercado.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin